Páginas

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

II Congresso de Cultura Ibero-Americana

De 30 de setembro a 3 de outubro, em São Paulo, com o tema 'Cultura e Transformação Social'

Cultura, economia, sociedade, arte, comunicação - passado, presente e futuro - são as temáticas que irão se fundir durante os trabalhos do II Congresso de Cultura Ibero-Americana, marcado para acontecer de 30 de setembro a 3 de outubro, no Brasil. O encontro será realizado no SESC Vila Mariana, na cidade de São Paulo, e terá como tema central de debates Cultura e Transformação Social. A iniciativa do Ministério da Cultura em parceria com a Secretaria-Geral Ibero-Americana (Segib) e o Serviço Social do Comércio (SESC-SP).

A solenidade de abertura deverá contar com as presenças do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva; do secretário-geral da Segib, Enrique Iglesias; do ministro da Cultura, Juca Ferreira; e dos ministros de Cultura da Ibero-América, além de autoridades da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) e do Caribe também convidados a participar do encontro.

O objetivo dessa segunda edição do Congresso é reafirmar a importância estratégica da cooperação ibero-americana na área da cultura e seu potencial para o desenvolvimento pleno da região. Segundo o diretor de Relações Internacionais do MinC, Marcelo Dantas, “o encontro é relevante para que os laços históricos, linguísticos e culturais da Ibero-América sejam reforçados e é um fator indispensável para a situação do bloco de países no cenário mundial atual”.

Dentre as atividades programadas para os três dias de evento, estão a Conferência de Abertura Cultura e Transformação Social; a Mesa-Redonda Perspectivas da Cultura na Ibero-América; e os seguintes painéis: Cultura, Educação e Desenvolvimento Sustentável; Arte e Transformação Social; Migrações, Fronteiras e Novos Territórios Culturais; Pontos de Cultura, Casas de Cultura, Missões Culturais e outras experiências de protagonismo sociocultural; Povos, Diálogos, Apropriações e Mestiçagem Intercultural; Mapeamento, Indicadores e Observatórios de Políticas Socioculturais; Carta Cultural Ibero-Americana e Ações de Identidade e Diversidade Cultural; Propriedade Intelectual, Direitos do Autor e Acesso à Cultura; O Audiovisual e a Identidade; Mecenato Privado; Economia da Cultura e Indústrias Criativas; Cultura e Transformação Urbana e Social; Cooperação Cultural Ibero-Americana como fator de coesão social. No encerramento, será promovida Reunião Extraordinária de Ministros da Cultura dos Países Ibero-Americanos.

Histórico - O Congresso de Cultura Ibero-Americana foi proposto pela Espanha, por ocasião da X Conferência Ibero-Americana de Ministros de Cultura, realizada em 2007, na cidade de Valparaíso, no Chile. A primeira edição do evento ocorreu em 2008, no México, e teve como tema central O Cinema Ibero-Americano e sua relação com o Audiovisual. A iniciativa objetiva a elaboração de estratégias e a promoção de ações conjuntas destinadas ao desenvolvimento de políticas culturais - dentro e fora da Ibero-América -, em especial as relativas à implementação plena da Convenção da Diversidade Cultural da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco).

(Texto: Marcos Agostinho, Comunicação Social/MinC)
(Fonte: Diretoria de Relações Internacionais/MinC)

http://www.blogger.com/post-create.g?blogID=669793809531570442

Nenhum comentário: