Páginas

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Caravana da Cidadania Cultural

Comitiva do MinC vai a Currais Novos, no Sertão do Seridó, apresentar as ações do ministério

Ministro Juca Ferreira e secretários do MinC iniciam visita às cidades brasileiras, de pequeno e médio porte, para difundir as ações do Ministério da Cultura e mobilizar a população

O ministro da Cultura, Juca ferreira, lançou na manhã dessa quinta-feira, 27 de agosto, na cidade de Currais Novos (RN), na região do Sertão do Seridó, a Caravana da Cidadania Cultural, ação que se insere no âmbito dos programas Mais Cultura e Cultura Viva e tem o objetivo de apurar as demandas culturais da população de pequenos e médios municípios brasileiros, além de fazer uma apresentação dos principais programas do ministério.

Inicialmente destinada a 18 municípios, selecionados pela força da cultura local, a Caravana irá percorrer 16 estados no período de oito meses. É composta por secretários e assessores técnicos do Ministério da Cultura, que realizam debates com a população e oficinas de trabalho com gestores e produtores culturais, nas localidades visitadas.

Inspirada na poesia do poeta espanhol Antônio Machado, “Caminante, no hay camino; el camino se hace al caminar”, de que a caminhada se faz ao caminhar, a Caravana deixa um rastro de alegria e efervescência cultural por onde passa, com a realização de muitos shows e espetáculos de artistas locais.

Em Currais Novos, as atividades iniciaram com a participação do ministro Juca Ferreira e da governadora do Rio Grande do Norte, Vilma de Faria, em um cortejo pelas ruas, junto com músicos, artistas locais e populares, até um palco armado no centro da cidade, onde teve início a solenidade oficial.

Em seu discurso, o ministro destacou a importância do diálogo direto com artistas e produtores culturais das diferentes regiões do país, afirmando que “de Brasília muitas vezes não temos a exata dimensão da riqueza da cultura brasileira. É preciso viajar, entrar em contato com as demandas culturais, com as queixas dos agentes locais e ver o que podemos fazer para melhorar”.

Segundo o ministro, a Caravana tem também a importante missão de prestigiar a arte popular brasileira e estimular os artistas locais através da presença do governo federal em suas cidades, debatendo com eles temas relacionados à cultura .

As visitas dos dirigentes do MinC aos municípios brasileiros é parte de um grande esforço que o ministério vem fazendo para democratizar as políticas públicas na área, junto com outras ações estruturais, como a reformulação da Lei Rouanet. “Quando chegamos no Ministério da Cultura, 80% dos recursos da Pasta ficavam com apenas duas cidades brasileiras, Rio de Janeiro e São Paulo. Estamos modificando toda a legislação que rege a cultura no Brasil para valorizar a diversidade cultural, que é o nosso maior patrimônio”, destacou o ministro.

O ato público contou com as presenças do vice-governador, Iberê Ferreira de Souza, dos deputados Fátima Bezerra (PT-RN), e Fernando Mineiro (PT-RN), do secretário estadual da Educação e Cultura, Ruy Pereira, de prefeitos de oito municípios da região do Seridó, além de vereadores e gestores culturais de várias cidades nordestinas.

Após o ato solene, a Caravana da Cidadania Cultural dirigiu-se para o Aeroclube da cidade, onde os secretários do MinC apresentaram os principais programas do ministério e explicaram o funcionamento dos mecanismos de apoio à cultura.

Participaram da equipe em Currais Novos os secretários do MinC Célio Turino (Cidadania Cultural); Américo Córdula (Identidade e Diversidade Cultural); Silvana Meireles (Articulação Institucional); Zulu Araujo, presidente da Fundação Cultural Palmares e Marcelo Bones, representando a Fundação Nacional de Artes (Funarte/MinC). A governadora Vilma de Faria e o vice-governador Iberê Ferreira de Souza também estiveram presente nesse encontro.

Na ocasião, produtores e artistas expuseram as reivindicações da cultura local ao ministro e sua equipe. As principais reivindicações foram sobre a necessidade da criação de políticas públicas para atender aos segmentos da viola e do repente, a inclusão de ações para deficientes físicos nos editais do MinC, apoio a bandas musicais, pedido de reconhecimento do teatro de bonecos da região do Seridó como patrimônio cultural brasileiro e apoio para o desenvolvimento de grupos de estudo e pesquisas nos sítios arqueológicos da região.

Houve também o pedido de apoio de um antigo exibidor de cinema, Targino da Costa, de 79 anos, que sonha recuperar para a sétima arte o prédio onde projetava seus filmes, perdido para uma igreja evangélica da cidade. “Talvez com a ajuda do Ministério da Cultura eu possa reabrir o cinema, como já aconteceu na cidade de Crato, onde eles conseguiram um empréstimo do BNDES”, comentou.

A maior parte das reivindicações feitas já são contempladas em programas do MinC, os secretários complementaram a explanação explicando o procedimento para o encaminhamento das propostas de projetos culturais ao MinC.

O ministro Juca Ferreira propôs aos produtores culturais da região que se organizem em um consórcio de municípios para serem atendidos em conjunto pelos serviços e financiamentos do ministério. Ele sugeriu, também, a articulação das lideranças locais com parlamentares para a proposição de emendas ao orçamento do Governo Federal, com investimentos em Cultura.

À tarde, os assessores do MinC esclareceram as dúvidas da população sobre projetos culturais, em estandes montados no calçadão central da cidade. No local, houve a realização de vários espetáculos artísticos e as atividades foram encerradas no início da noite, com um show do músico e secretário da Cultura de João Pessoa, Chico César.

Fonte: http://www.cultura.gov.br/site/2009/08/28/caravana-da-cidadania-cultural-2/
Ascom/MinC

Nenhum comentário: