Páginas

segunda-feira, 6 de julho de 2009

Comitê do Patrimônio Mundial

Juca Ferreira é eleito presidente para a nova gestão do Comitê do Patrimônio Mundial

O ministro da Cultura, Juca Ferreira, foi eleito presidente do Comitê do Patrimônio Cultural Mundial da Unesco - órgão responsável pelo acompanhamento dos sítios históricos em todo o mundo -, cargo que ocupará até o término da 34ª reunião do colegiado, que será realizada em 2010, em Brasília.

A escolha do ministro Juca Ferreira para a presidência do Comitê foi apresentada pela delegação brasileira e aceita por unanimidade, bem como a candidatura da capital do Brasil para ser a sede da próxima reunião. As decisões foram tomadas no último domingo, 28 de junho, em Sevilha, na Espanha, durante a 33ª sessão anual.

No ano em que comemora 50 anos de sua inauguração, a primeira cidade moderna reconhecida como Patrimônio Cultural da Humanidade vai sediar pela segunda vez a reunião do Comitê - Brasília sediou, em 1988, a 12ª reunião. A data deve ser definida em outubro deste ano, durante a Conferência Geral da Unesco, em Paris.

A 34ª Reunião do Comitê do Patrimônio Cultural Mundial será uma convenção de 12 dias, ocasião em que mais de 180 delegações dos países participantes vão discutir sobre as novas candidaturas, além do estado de conservação e risco daqueles que já são declarados Patrimônio da Humanidade.

33ª Sessão

Delegações de 187 países participaram da reunião na Espanha. O evento, realizado até o dia 30 de junho, contou com 800 participantes entre Estados-parte, especialistas em patrimônio, organizações não governamentais e organismos técnicos assessores da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

Foi apresentada pelo Brasil no encontro de Sevilha a proposta de realização, ainda em 2009, de um seminário sobre Paisagem Cultural Urbana - categoria mais nova dentro da Unesco e na qual está sendo proposta a candidatura do Rio de Janeiro à Patrimônio Mundial. Aceito, o seminário deverá acontecer de 7 a 11 de dezembro, na capital fluminense.

Com a inscrição de 13 novos sítios na Lista do Patrimônio Mundial, a lista da Unesco passa a contar com 890 localidades de grande valor universal em 148 Estados-membros. As candidaturas não aprovadas este ano, entre elas a do Caminho do Ouro e sua Paisagem, em Paraty, poderão ser novamente apresentadas para avaliação do Comitê no ano que vem. Saiba mais no site da Unesco: Patrimônio Mundial ganha 13 novos sítios.

Comitê do Patrimônio Mundial - O Comitê tem como papel principal acompanhar o estado de conservação dos sítios do Patrimônio Mundial e é órgão deliberativo da Convenção para a Proteção do Patrimônio Mundial, Natural e Cultural. Instância maior da Unesco para tratar do tema, é composto por 21 países, que reúnem-se anualmente. O Brasil é membro ativo do Comitê do Patrimônio Mundial, ao qual se incorporou com mandato de quatro anos a partir de 2007. Ao colegiado somam-se 180 delegações de outros países que acompanham toda a programação, alguns dos quais têm bens culturais ou naturais que estão sendo analisados pelo Comitê para integrar a lista do Patrimônio Mundial.



Fonte: (Carol Lobo, Comunicação Social/MinC)
http://www.cultura.gov.br/site/2009/07/03/comite-do-patrimonio-mundial/

Nenhum comentário: